O Plano Plurianual de Gestão da Educação Básica e a Avaliação Externa do Desempenho dos Alunos em Larga Escala

Wellington da Silva

Resumo


Este artigo apresenta os resultados de uma amostra pesquisada sobre como os planos plurianuais de gestão das escolas técnicas do estado de São Paulo descrevem o uso do Sistema de Avaliação de Rendimento Escolar (Saresp). Analisou-se 5,4% dos planos plurianuais de gestão das 219 escolas técnicas, representando o estudo de 12 documentos seguindo os critérios de escolha: a localização da escola, a tradição por tempo de fundação e a acessibilidade ao projeto. O estudo proporciona a interpretação de que algumas escolas não compreendem o uso dos resultados do Saresp no cotidiano escolar, sendo que dos documentos que relatam o uso dos resultados do Saresp, percebese que poucas escolas se aprofundam na avaliação externa de larga escala. Destaca-se uma escola técnica do interior de São Paulo, que descreve o uso da leitura e interpretação dos resultados, da manutenção do desempenho nas áreas do conhecimento e no estabelecimento de indicadores para cada área. Este trabalho debruçou-se no documento plano plurianual de gestão, analisando principalmente as descrições quanto ao Saresp, levando em consideração nos casos em que não foram localizadas estas descrições o trabalho com a avaliação interna. Constatou-se a importância dos registros sobre o Saresp, da estruturação do plano pedagógico e das ações necessárias quanto à compreensão e usos dos resultados, pois de acordo com a bibliografia consultada, a qualidade do ensino é constituída de diversas ações por parte da gestão escolar, uma delas é a dimensão da avaliação externa de larga escala.


Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais 2017 Wellington da Silva

Revista InSIET / InSIET Journal - ISSN: 2447-892X

Flag Counter